Ticker

6/recent/ticker-posts

Você esta pronto para deixar seu filho sozinho em casa? Dicas.





Ficar em casa sozinho é um marco importante para as crianças e seus pais. Sabe-se que  as vezes devido, pais por não ter com quem deixar os filho para poder trabalhar, tal medida tornando-se uma necessidade. Também é até muitas vezes uma revindicação dos filhos que querem “dentro de casa” já aprenderem a ser independentes, sendo  então este um ótimo exercício de preparação para vida, pois se demonstrar ser responsável para ficar em casa sozinho (sempre com supervisão) já estará se preparando para assumir outras responsabilidades. Saiba mais no decorrer deste artigo que iremos apresentar;

Conheça os diplomas legais sobre crianças e adolescentes Código penal e  ECA

Busque  saber quais são as leis referentes à idade mínima do seu filho antes que ele possa ficar em casa sozinho, isso para que por não saber incorra em alguma transgressão legal como por exemplo  “abandono de incapaz” previsto no eca no artigo 133 do CP . Tenha sempre fácil e acessível  para tirar duvidas telefones e sites dos órgãos oficiais como por exemplo do conselho tutelar de sua cidade.
Tome essas precauções que sua corrida rápida para o supermercado se transforme em um pesadelo legal para você, porque você inadvertidamente violou a lei. Conheça a lei antes mesmo de considerar deixar seu filho em casa sozinho.

Tem duvidas?  Use a lei como parâmetro

Independentemente dos costumes de sua cidade ou região, use-as como base para se orientar. Obedeça à lei, é claro, mas se o sua cidade ou costumes locais consideram normal não ter uma idade definida para que seu filho fique em casa sozinho, isso não significa que seu filho de cinco anos de idade deve ter o domínio da casa enquanto faz compras.

Avalie  se o seu filho está emocionalmente pronto

Ficar em casa sozinho parece uma ideia apavorante para algumas crianças, já outras inçaram como liberdade. Para os que não se sentem preparados e são deixados sozinhos, quatro paredes com apenas eles dentro se tornam um lugar muito assustador. Já para os que se sentem confortais ainda assim deve ser avaliado pois achar que ficar sozinho em casa é um grande parque de diversão , implica em perigos a frente como por exemplo preparar no fogão uma refeição sozinho.
Avalie também se seu filho está fisicamente pronto
Seu filho sabe como discar para emergência,  193 ou 190? Ela pode seguir o plano de segurança contra incêndio da família caso precisar evacuar a casa? Sua criança está preparada para uma emergência de vida ou morte?

Agora pergunte a si mesmo se seu filho está fisicamente pronto para ficar em casa sozinho antes de sair sem ele

Verifique se “Você” está pronto para deixa-lo sozinho em casa

Saiba que você também faz parte dessa equação. E embora a idéia de poder executar algumas tarefas sozinha possa ser atraente, a realidade do "e se?" perguntas em breve farão você se perguntar se deveria deixá-la ficar em casa sozinha.Avalie se você está pronto para o seu filho ficar em casa sozinho. Caso não julgue ainda estar preparado não ceda só porque é o que ela quer. Você não quer gastar todo o seu tempo fora de casa ligando para seu filho a cada cinco minutos para garantir que ele esteja bem, pensa no stress.

Dicas para iniciar o processo:

Caso ainda tenha duvidas quando ao preparo seu e de seu filho(s), você pode preparar você e seu filho para o grande dia em que ela começar a ficar em casa sozinha. Vamos a algumas dicas:

Tenha sempre um plano elaborado

Nunca  deixe seu filho em casa sozinho, sem antes planejar um plano. Seu filho deve saber o que fazer se alguém chegar à porta e o que fazer em caso de emergência. Além disso, seja claro sobre o que é permitido e o que é proibido também, defina regras e as faça cumprir, inclusive faça simulações em que seja necessário tomar os procedimentos.


Peça auxilio a  um vizinho nos primeiros dias

Você quer confiar que tudo correrá bem quando você deixar seu filho em casa sozinho. Mas não há nada de errado em ter um vizinho em quem você confia para fazer o “check-in”. É até uma decisão inteligente de se fazer.

Comunique o seu vizinho com bastante antecedência para que ele possa verificar seu filho em um horário definido enquanto você estiver fora. Também  informe seu filho que o vizinho também irá auxilia-lo. Como uma forma  adicional de segurança, informe seu vizinho que seu filho não atenderá a porta, mas chegará à janela e acenará. Dessa forma, seu vizinho pode ver que seu filho está bem e conversar com ele sem encorajá-lo a abrir a porta. Verifique se o seu vizinho tem o seu número de telefone para que ele possa ligar para você em caso de emergência, como 193 ou 190.

Esteja pronto a voltar para casa a qualquer momento

Caso você receba uma ligação do seu filho, estava tudo bem, mas de repente ela está com medo de ficar em casa sozinha.





Ela pode ter ficado bem com isso nas primeiras 10 vezes, mas por alguma razão inexplicável agora ela está chorando e quer que você volte para casa. Esteja disposto a largar o que está fazendo para voltar para casa a qualquer momento. Algum dia ela estará pronta para voltar a ficar sozinha em casa, mas precisa da garantia de que você estará lá caso ela mude de ideia, passe sempre essa segurança.

Definir horários de Presença

Estabeleça horários de comunicação com seu filho. Com a tecnologia atual, é mais fácil do que nunca manter contato com seus filhos.

A frequência dos horários de check-in é totalmente sua. Alguns pais desejam fazer check-ins a cada 30 minutos. Outros podem esticá-lo a cada hora ou mais. Peça que ela ligue, envie uma mensagem ou até envie uma foto para que você saiba que ela está bem. Você define suas próprias regras e assegura-se de que ela as siga para lhe dar a tranqüilidade de que estão a apenas alguns cliques de um botão.

Use câmeras de alta tecnologia

Você pode não querer se sentir um espião, mas o mundo de hoje torna necessário manter um controle mais próximo de seus filhos. As câmeras internas e externas a residência de alta tecnologia permitem que você entre em sua casa sem estar perto dele. Essas câmeras transmitem em tempo real  pelo celular tudo que se passa em sua casa transmitindo assim bastante segurança.

Procure câmeras que permitam conectar-se à sua casa remotamente usando aplicativos. Você pode até pedir que seu filho esteja no local em um determinado momento para poder vê-lo em pé em segurança na sua sala de estar.

Assim com esse artigo esperamos que ajude você a decidir o melhor momento para deixar seu filho sozinho em casa.

Postar um comentário

0 Comentários